Cidade

Primeiro terreiro é tombado pela Lei de Preservação do Patrimônio

O terreiro Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe, no Curuzu, recebeu o reconhecimento de valor histórico após ser tombado com base na Lei de Preservação do Patrimônio Cultural do Município de Salvador, em cerimônia realizada na última sexta-feira (15). A celebração contou com a presença do prefeito ACM Neto. [Leia mais...]

[Primeiro terreiro é tombado pela Lei de Preservação do Patrimônio]
Foto : Valter Pontes / Agecom Salvador

Por Paloma Andrade no dia 16 de Janeiro de 2016 ⋅ 10:09

O terreiro Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe, no Curuzu, recebeu o reconhecimento de valor histórico após ser tombado com base na Lei de Preservação do Patrimônio Cultural do Município de Salvador, em cerimônia realizada na última sexta-feira (15). A celebração contou com a presença do prefeito ACM Neto. Na ocasião, o gestor municipal falou a razão deste ser o primeiro terreiro tombado. “Aqui está o reconhecimento da nossa ancestralidade, cultura e religião africanas que nos influenciam e foram fundamentais na formação de cada ser dessa cidade”.

Além de Neto, o presidente da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro, também estava presente afirmou que a cultura e o espaço são preservados com esta ação.

Entre os critérios utilizados para o tombamento, estão a especulação imobiliária, invasão do terreno, além da manutenção das instalações. O pedido partiu da Associação Brasileira de Preservação da Cultura Afro-Ameríndia (AFA). 

Notícias relacionadas