Cidade

Projeto de esporte e lazer oferece mais de mil vagas no Subúrbio

O projeto ‘Esporte e Lazer: Inclusão que Transforma’ está oferecendo 1.400 vagas, para diversas modalidades de esportes voltadas para crianças e adolescentes. A iniciativa também contempla adultos e idosos, com aulas de ginástica. As aulas acontecem nos centros e quadras públicas do Parque São Bartolomeu, onde, nesta sexta-feira (22), aconteceu o lançamento oficial do projeto, que também ocorreu em Rio Sena e Pirajá. [Leia mais...]

[Projeto de esporte e lazer oferece mais de mil vagas no Subúrbio]
Foto : Pedro Moraes/GOVBA

Por Jessica Galvão no dia 22 de Janeiro de 2016 ⋅ 18:49

O projeto ‘Esporte e Lazer: Inclusão que Transforma’ está oferecendo 1.400 vagas, para diversas modalidades de esportes voltadas para crianças e adolescentes. A iniciativa também contempla adultos e idosos, com aulas de ginástica. As aulas acontecem nos centros e quadras públicas do Parque São Bartolomeu, onde, nesta sexta-feira (22), aconteceu o lançamento oficial do projeto, que também ocorreu em Rio Sena e Pirajá.

O diretor de Fomento da Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb), Márcio Lima, diz que o trabalho faz parte de 20 convênios, cumprindo uma diretriz do Governo, por meio do programa Pacto pela Vida. “Trabalhar o esporte associado às ações do Pacto Pela Vida funciona como um antídoto para a ociosidade que leva os jovens a trilhar caminhos tortuosos. Estes projetos atendem comunidades com vulnerabilidade social em Salvador, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Santo Antônio de Jesus, entre outros. São 20 convênios que atendem 20 mil pessoas e que trabalham na origem dessa vulnerabilidade social”, disse.

O projeto desenvolvido pelo Movimento de Cultura Popular do Subúrbio (MCPS), e apoiado pela Sudesb, órgão vinculado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), inclui nove modalidades de esportes, oito para crianças e adolescentes e uma de ginástica para a terceira idade. O boxe e o karatê estão entre as mais procuradas.

Para se inscrever, os interessados devem comparecer de segunda a sexta-feira, de 9h às 11h30 e de 13h30 às 17h, na sede do MCPS (Rua São Bartolomeu, nº 1190), no Centro de Cultura e Cidadania Pirajá (no bairro de Pirajá) ou na Padaria Panigel (no bairro de Rio Sena), locais onde foi montado um espaço para atendimento ao público. É necessário levar uma fotografia 3x4, além do registro de identidade (RG) e do CPF e, no caso de menores de idade, apresentar RG e CPF do responsável.

Notícias relacionadas

[Arquiteto anuncia exposição com obras de Lelé]
Cidade

Arquiteto anuncia exposição com obras de Lelé

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 15 de Outubro de 2018 ⋅ 12:05 em Cidade

João Figueiras Lima projetou o Centro Administrativo da Bahia, a Igreja dos Alagados, a Estação da Lapa e outras obras