Cidade

Sindicato aguarda contato com Prefeitura em meio a ameaça de paralisação

Em meio a uma ameaça de paralisação das atividades dias antes do início do carnaval, os rodoviários aguardam negociações com a Prefeitura de Salvador sobre as gratificações. Os ônibus vão rodar das 6h às 18h no carnaval, segundo o diretor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota. [Leia mais...]

[Sindicato aguarda contato com Prefeitura em meio a ameaça de paralisação]
Foto : Tacio Moreira/ Metropress

Por Matheus Simoni e Jessica Galvão no dia 02 de Fevereiro de 2016 ⋅ 17:47

Em meio a uma ameaça de paralisação das atividades dias antes do início do carnaval, os rodoviários aguardam negociações com a Prefeitura de Salvador sobre as gratificações. Os ônibus vão rodar das 6h às 18h no carnaval, segundo o diretor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota. Em entrevista ao Metro1, ao ser questionado sobre a possibilidade de paralisação da categoria, ele afirmou que aguarda reunião com a Prefeitura para definir os próximos passos da negociação.

"A gente está aberto para que haja uma saída para a cidade. Esperamos que o prefeito e o secretário de transportes sejam flexíveis e sensíveis para tentar atender os anseios da categoria", disse ele. Mais cedo, em comunicado à imprensa, a Secretaria de Mobilidade afirmou que "está mediando a negociação entre rodoviários e empresários de ônibus de Salvador para tentar evitar qualquer paralisação no período do Carnaval".

"A Secretaria esclarece que em 2014 foi ofertada gratificação de R$ 600 mil à categoria; em 2015, esse valor foi de R$ 700 mil; e, este ano, as empresas propuseram negociação de R$ 800 mil. Ao longo do dia, a Prefeitura irá se reunir com a categoria e empresários para discutir a situação", completou.

Notícias relacionadas