Cidade

Vítimas de discriminação poderão ser atendidas durante Carnaval em Lauro

Com o objetivo de registrar e catalogar ocorrências de Discriminação Racial, Violência contra a Mulher e atos Homofóbicos, durante a folia, a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) estará atuando durante todo Carnaval de Lauro de Freitas 2016 com o “Observatório da Discriminação Racial”. [Leia mais...]

[Vítimas de discriminação poderão ser atendidas durante Carnaval em Lauro]
Foto : Divulgação

Por Jessica Galvão no dia 05 de Fevereiro de 2016 ⋅ 15:01

Com o objetivo de registrar e catalogar ocorrências de Discriminação Racial, Violência contra a Mulher e atos Homofóbicos, durante a folia, a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) estará atuando durante todo Carnaval de Lauro de Freitas 2016 com o “Observatório da Discriminação Racial”. 

Além de observações e coleta de informações, a PMLF em parceria com a Superintendência de Promoção da Igualdade Racial (Supir) e a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), prestarão atendimento jurídico e assistencial às vítimas de discriminação durante o carnaval. Os cidadãos podem se dirigir a antiga sede do Banco de Serviços, situada no Centro, nas imediações da Praça da Matriz, das 18h à 1h.  

A SPM alertará as mulheres sobre o direito de viver sem violência, incluindo também os dias de folia. A equipe orientará ainda, sobre o que a vítima deve fazer para denunciar o agressor. “É importante frisar os tipos de violência, pois o que nós observamos com o resultado dos casos do ano anterior (2015) é que muitas vezes a mulher não sabe que foi - ou estava sendo - agredida. Percebemos que em um século muita coisa evoluiu, mas quando o tema é assédio, foliões parecem ter parado no tempo”, ressalta a secretária da SPM, Margeoire Neves.

Notícias relacionadas