Cidade

Em apenas um dia, testes rápidos detectam 17 pessoas com HIV no Carnaval

Os dois postos do "Fique Sabendo", ficam um na Rua Afonso Celso (Barra), em frente ao Beco da Off, e outro na Praça Municipal, ao lado do Elevador Lacerda. [Leia mais...]

[Em apenas um dia, testes rápidos detectam 17 pessoas com HIV no Carnaval]
Foto :

Por Milene Rios no dia 07 de Fevereiro de 2016 ⋅ 16:40

Somente no sábado (6), primeiro dia de funcionamento dos postos  para testagem de DSTs, Aids e hepatites virais, mantidos pela Prefeitura de Salvador, 17 pessoas foram diagnosticadas com HIV, 49 com sífiles e outras quatro com hepatite do tipo C. foram realizados 1.314 testes rápidos.

Os dados foram divulgados na manhã deste domingo (7) pelo secretário municipal de Saúde de Salvador, José Antônio Rodrigues Alves, durante entrevista coletiva para balanço do quarto dia de Carnaval.

Os dois postos do "Fique Sabendo", ficam um na Rua Afonso Celso (Barra), em frente ao Beco da Off, e outro na Praça Municipal, ao lado do Elevador Lacerda.  "O atendimento de ontem nas unidades é recorde, nós nunca fizemos tantos testem em um único dia", disse o secretário, que atribui o aumento no número de testes realizados à maior confiança das pessoas no sistema.

"Essas unidades são dotadas de bioquímicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, que fazem o acompanhamento desses pacientes quando eles recebem o diagnóstico para que possam, de imediato, começar o tratamento", explica José Antônio.

Os testes completos duram entre 30 e 40 minutos e o diagnóstico não é compartilhado com familiares ou acompanhantes do paciente - apenas se o próprio paciente solicitar a presença de alguém. O espaço, segundo o secretário, é bastante discreto e, se decidir, o folião que receber o diagnóstico positivo pode até mesmo sair por uma outra porta da unidade.

Notícias relacionadas