Cidade

Secretaria de Saúde do estado reduz gastos administrativos em 25%

O secretário de Saúde do estado, Fábio Villas Boas, afirmou, em participação na Rádio Metrópole, que o governo adotou mais uma medida de austeridade do gasto público, ao publicar, nesta quinta-feira (18), portaria que reduz em 25% os gastos com despesas administrativas na pasta. [Leia mais...]

[Secretaria de Saúde do estado reduz gastos administrativos em 25%]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Juliana Almirante no dia 18 de Junho de 2015 ⋅ 08:41

O secretário de Saúde do estado, Fábio Villas Boas, afirmou, em participação na Rádio Metrópole, que o governo adotou mais uma medida de austeridade do gasto público, ao publicar, nesta quinta-feira (18), portaria que reduz em 25% os gastos com despesas administrativas na pasta. “Isso se chama austeridade no gasto público.  Vamos cobrar uma maior eficiencia administrativa”, explicou.

Publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta, a portaria Nº 666 estabelece que as superintendências devem apresentar seus planos individuais de revisão de despesas com contratos ao chefe de gabinete do secretário até  o dia 8 de julho de 2015.  Entre as medidas, estão a otimização dos gastos relativos a passagens e despesas com locomoção, serviços de limpeza e vigilância e diárias. Também serão reduzidos em 25% os gastos com telefonia, serviços de postagem, consumo de água e energia elétrica.

“Colocamos na prática o discurso que disseminamos na secretaria. Não se pode criar despesas sem previsão orçamentária. Isso é uma coisa que não se tem no serviço público. As pessoas não se sentem responsaveis pelo serviço público”, criticou o secretário. Segundo a portaria, os gestores da Saúde devem renegociar condições de preços dos contratos, especialmente no caso daqueles com valores iguais ou superiores a R$ 1 milhão.

Notícias relacionadas