Cidade

57% dos pacientes atendidos por coma alcoolico são mulheres

Pelo segundo ano seguido, as mulheres são as que mais bebem a pronto de entrarem em coma alcoólico no Carnaval de Salvador. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, do total de 515 ocorrências até aqui, 57% dos pacientes atendidos por alcoolemia são do sexo feminino. [Leia mais...]

[57% dos pacientes atendidos por coma alcoolico são mulheres]
Foto : Divulgação/ AGECOM Salvador

Por Bárbara Silveira no dia 09 de Fevereiro de 2016 ⋅ 18:22

Pelo segundo ano seguido, as mulheres são as que mais bebem a pronto de entrarem em coma alcoólico no Carnaval de Salvador. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, do total de 515 ocorrências até aqui, 57% dos pacientes atendidos por alcoolemia são do sexo feminino.

"Os casos de embriaguez estão diminuindo, mas as mulheres ainda são as mais acometidas pelo uso em excesso de álcool. As mulheres são mais afeitas à utilização de bebidas mais adocicadas e, logicamente, que a indústria também já descobriu isso e começou a comercializar coquetéis gelados com índice de teor alcoólico muito maior que por exemplo as cervejas de um maneira geral. Isso faz com que as pessoas tenham um processo de intoxicação mais rápida", analisou o secretário municipal de Saúde, José Antonio Rodrigues Alves.

Apesar disso, o número de atedimentos até esse último dia de folia diminuiu 12% em relação ao ano passado, mas os números ainda são preocupantes. Uma pesquisa do Ministério da Saúde mostrou Salvador como a capital brasileira onde mais se consome bebidas alcoólicas de forma excessiva. De acordo com o estudo, as soteropolita nas são as que mais bebem em todo o país.

Notícias relacionadas