Cidade

Balanço do governo aponta queda em índices de violência durante o Carnaval

Um balanço divulgado pelo Governo do Estado, na tarde desta quarta-feira (10), apontou que durante o carnaval deste ano, o esquema de segurança pública registrou queda de 16,7% nas tentativas de homicídios. [Leia mais...]

[Balanço do governo aponta queda em índices de violência durante o Carnaval]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 10 de Fevereiro de 2016 ⋅ 13:13

Um balanço divulgado pelo Governo do Estado, na tarde desta quarta-feira (10), apontou que durante o carnaval deste ano, o esquema de segurança pública registrou queda de 16,7% nas tentativas de homicídios (cinco em 2016 e seis em 2015), de 6,9% nas lesões corporais (176 registros neste ano contra 189 em 2015) e de 3,5% nos roubos numa comparação com a folia de 2015 (110 casos em 2016, contra 114 no ano anterior). Os dados foram obtidos entre a última quinta-feira (4) e esta quarta-feira (10).

De acordo com o levantamento, os homicídios não tiveram variação, sendo dois registros neste ano e dois em 2015. Neste Carnaval, foram computados dois casos envolvendo catadores de lata. As duas vítimas tinham passagens pela polícia e em menos de 24 horas, os autores foram identificados e detidos. O número de furtos teve aumento de 9%.

Nos seis dias de festa, 3.309 pessoas (aumento de 44,7%) foram conduzidas, algumas por uso ou tráfico de drogas. Ao todo, foram 110 criminosos foram autuados em flagrante. R$ 42 milhões foram investidos em segurança neste ano.

Houve diminuição também de 80% no número de atendimentos de feridos por arma de fogo nas unidades da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). O maior registro de ocorrências foi por agressão física, com 90 casos, seguido por queda (20), agressão com arma branca (17), oito por complicação de doença pré-existente, seis por atropelo, três por arma de fogo, quatro por intoxicação exógena, dois por ferimento acidental,  três por colisão e dois por exposição ao fogo. A maioria das ocorrências foi verificada no circuito Dodô (Barra–Ondina), em seguida no circuito Osmar (Campo Grande).

 

Notícias relacionadas