Cidade

Governador e prefeito lamentam a morte da escritora Myriam Fraga

Em sua página oficial no Facebook, o governador Rui Costa lamentou o falecimento da escritora Myriam Fraga nesta segunda-feira (15). “A literatura brasileira perde hoje um grande talento. Myriam Fraga levou poesia ao mundo. Mulher baiana, de São Salvador, inquietou seus leitores, nos fez refletir sobre o contraditório, a essência do feminino, sobre o país, e muito contribuiu para que nossa cultura fosse disseminada. Myriam deixa sua obra e a saudade. Em suas palavras: “escrever liberta”. Que Deus conforte os familiares e amigos", disse Rui. [Leia mais...]

[Governador e prefeito lamentam a morte da escritora Myriam Fraga]
Foto : Reprodução/Blog Cavaleiro De Fogo

Por Jessica Galvão no dia 15 de Fevereiro de 2016 ⋅ 15:50

Em sua página oficial no Facebook, o governador Rui Costa lamentou o falecimento da escritora Myriam Fraga nesta segunda-feira (15). “A literatura brasileira perde hoje um grande talento. Myriam Fraga levou poesia ao mundo. Mulher baiana, de São Salvador, inquietou seus leitores, nos fez refletir sobre o contraditório, a essência do feminino, sobre o país, e muito contribuiu para que nossa cultura fosse disseminada. Myriam deixa sua obra e a saudade. Em suas palavras: “escrever liberta”. Que Deus conforte os familiares e amigos", disse Rui.

Quem também expressou seus sentimentos, foi o prefeito ACM Neto. “Poucas pessoas contribuíram tanto nas últimas décadas para o desenvolvimento e divulgação da cultura baiana como Myriam Fraga”, afirmou o prefeito. Neto disse, também, que Myriam Fraga foi fundamental para organizar e catalogar todo o acervo de Jorge Amado, que está à disposição de pesquisadores, estudantes e de todas as pessoas na fundação que leva o nome de um dos mais conhecidos escritores do mundo. “Aos amigos e familiares de Myriam Fraga, os meus sentimentos”, concluiu o prefeito.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Funcionários da Embasa decretam greve]
Cidade

Funcionários da Embasa decretam greve

Por Metro1 no dia 19 de Junho de 2018 ⋅ 10:26 em Cidade

Os empregados estão em campanha salarial e o cruzar de braços é um protesto pela falta de avanço nas negociações do acordo coletivo de trabalho deste ano