Cidade

Antiga terceirizada acusa Prefeitura de calote milionário

Contratada da Prefeitura de Salvador entre janeiro e agosto de 2013, a empresa Dominum Terceirização de Mão de Obra agora acusa o Município de não ter pago quase R$ 1 milhão. A empresa tinha pelo menos mil trabalhadores prestando serviços na Prefeitura e afirma que a contratada que a sucedeu firmou acordo em "quase o dobro do valor" [Leia mais...]

[Antiga terceirizada acusa Prefeitura de calote milionário]
Foto : Max Haack/Agecom

Por Felipe Paranhos no dia 16 de Fevereiro de 2016 ⋅ 09:46

Contratada da Prefeitura de Salvador entre janeiro e agosto de 2013, a empresa Dominum Terceirização de Mão de Obra agora acusa o Município de não ter pago quase R$ 1 milhão. A empresa tinha pelo menos mil trabalhadores prestando serviços na Prefeitura e afirma que a contratada que a sucedeu firmou acordo em "quase o dobro do valor"

Segundo o site Bocão News, que ouviu um representante da empresa, o débito chega a R$ 960 mil — valor que se soma à dívida que a Dominum ainda teria a receber da gestão de João Henrique, de quase R$ 3 milhões. 

O representante da Dominum contou ao site que fez um acordo com a Prefeitura no Ministério Público do Trabalho (MPT), mas, ao cobrar o Município, ouve apenas que “o processo está em andamento”. 

Notícias relacionadas

[Arquiteto anuncia exposição com obras de Lelé]
Cidade

Arquiteto anuncia exposição com obras de Lelé

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 15 de Outubro de 2018 ⋅ 12:05 em Cidade

João Figueiras Lima projetou o Centro Administrativo da Bahia, a Igreja dos Alagados, a Estação da Lapa e outras obras