Cidade

Atirador que matou 9 negros em igreja dos EUA é preso

A polícia americana prendeu na tarde desta quinta-feira (18), Dylann Roof, de 21 anos, acusado de matar 9 pessoas em uma igreja metodista frequentada por negros da comunidade de Charleston, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Entre as seis mulheres e três homens que foram mortos, estava o pastor e senador estadual Clementa Pinckney. [Leia mais...]

[Atirador que matou 9 negros em igreja dos EUA é preso]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 18 de Junho de 2015 ⋅ 16:04

A polícia americana prendeu na tarde desta quinta-feira (18), Dylann Roof, de 21 anos, acusado de matar 9 pessoas em uma igreja metodista frequentada por negros da comunidade de Charleston, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Entre as seis mulheres e três homens que foram mortos, estava o pastor e senador estadual Clementa Pinckney.

De acordo o prefeito de Charleston, Joseph P. Riley, em entrevista ao The New York Times, Diylann estava em Shelby, cidade a 320 quilômetros do local do ataque. Investigadores foram até a casa da mãe de Roof na manhã desta quinta-feira. De acordo com o tio dele, Carson Cowles, o jovem tinha comportamento quieto e calmo.

Roof ganhou uma pistola calibre 45 de aniversário de seu pai neste ano. De acordo com a polícia, essa foi a arma utilizada durante o tiroteio na igreja. Três pessoas que sobreviveram ao ataque continuam internadas em um hospital, mas já se encontram fora de risco.

Notícias relacionadas