Cidade

Paulo Souto sobre quitação de dívidas da prefeitura com a União: "Virou pó"

Durante o anúncio para cortes no orçamento de 2016 e novidades do programa Nota Salvador, na manhã desta segunda-feira (22), o secretário da Fazenda, Paulo Souto, reforçou que não há mais débitos com a União. Em entrevista à imprensa, Paulo Souto chegou a afirmar que o objetivo é aumentar a capacidade de endividamento do Executivo municipal pra mais de R$ 5 bilhões. [Leia mais...]

[Paulo Souto sobre quitação de dívidas da prefeitura com a União:
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 22 de Fevereiro de 2016 ⋅ 12:16

Durante o anúncio para cortes no orçamento de 2016 e novidades do programa Nota Salvador, na manhã desta segunda-feira (22), o secretário da Fazenda, Paulo Souto, reforçou que não há mais débitos com a União. Em entrevista à imprensa, Paulo Souto chegou a afirmar que o objetivo é aumentar a capacidade de endividamento do Executivo municipal pra mais de R$ 5 bilhões.

"A prefeitura tinha em 1999, ela e muitas outras prefeituras assinaram um contrato de refinanciamento das dívidas com o Governo Federal. Esse contrato estabelecia a forma de indexação como ele era atualizado e as prestações mensais. A prefeitura tem pago isso religiosamente, e agora com a mudança nos indexadores da dívida. A dívida que era de R$ 740 milhões, desapareceu, virou pó. Ou seja, não devemos mais nada nesse contrato e com isso vamos economizar esse ano cerca de 75 e 80 milhões de reais", disse.

Segundo o secretário, se as agências de financiamento públicas como, Banco do Brasil e Caixa Econômica, tiverem limite de crédito, a prefeitura apresentará projetos para permitir  financiamento para empréstimos. 

"Essa contingência hoje não é fácil, pelas restrições que o Governo Federal está impondo, a esses financiamentos. Eu quero dizer que de parte da prefeitura ela cumpriu todas as obrigações, quitou suas dívidas e só aumentou a capacidade de endividamento, e isso pode fazer com que a prefeitura possa ter novas operações de crédito", falou. 

Comentarios

Notícias relacionadas

[Rodoviária terá 600 horários extras para o São João]
Cidade

Rodoviária terá 600 horários extras para o São João

Por Metro1 no dia 18 de Junho de 2018 ⋅ 10:40 em Cidade

Segundo a Agerba, os destinos mais procurados para os festejos juninos são Santo Antônio de Jesus, Amargosa, Cruz das Almas, Cachoeira, Senhor do Bonfim, Ibicuí e Irecê

[Opinião: Lula, o esculhambador da República]
Cidade

Opinião: Lula, o esculhambador da República

Por Jolivaldo Freitas - jolivaldo.freitas@yahoo.com.br no dia 16 de Junho de 2018 ⋅ 11:00 em Cidade

E Lula tão non sense que, se continuar a campanha para presidente e for eleito, vai tomar posse onde? No xadrez, no Planalto, na chácara do amigo oculto?