Cidade

Vendas caem, e imóveis chegam a ter 30% de desconto em Salvador

Segundo informou a Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) nesta terça-feira (23), em 2014, a capital baiana teve 2.092 lançamentos registrados. No ano passado, porém, foram apenas 895 — 584 deles pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. A redução foi de cerca de 57%. [Leia mais...]

[Vendas caem, e imóveis chegam a ter 30% de desconto em Salvador]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Felipe Paranhos e Camila Tíssia no dia 23 de Fevereiro de 2016 ⋅ 11:41

A crise econômica e o congelamento dos investimentos de construtoras — em parte causado pelos efeitos da Operação Lava Jato — resultaram em forte impacto tanto nos lançamentos quanto na venda de imóveis em Salvador.

Segundo informou a Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) nesta terça-feira (23), em 2014, a capital baiana teve 2.092 lançamentos registrados. No ano passado, porém, foram apenas 895 — 584 deles pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. A redução foi de cerca de 57%.

O número de unidades vendidas também teve queda, indo de 5.019 em 2014 para 3.443 em 2015. Por conta da baixa demanda, o preço dos imóveis caiu até 30%, segundo a Ademi. 

Leia mais:
>> Só 8% dos imóveis lançados em 2015 não foram do Minha Casa, Minha Vida

Notícias relacionadas

[Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos]
Cidade

Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos

Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:00 em Cidade

Nos arquivos do Coaf consta que as movimentações financeiras de ex-motorista de Flávio Bolsonaro tiveram um volume maior do que o que foi divulgado em dezembro