Cidade

Após protesto, empresas que atrasam salários de terceirizados serão notificadas

Depois que os terceirizados, que prestam serviço nas escolas estaduais, realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (26), a Secretaria de Educação do Estado da Bahia se posicionou e disse que as empresas que apresentam irregularidades serão notificadas. [Leia mais...]

[Após protesto, empresas que atrasam salários de terceirizados serão notificadas]
Foto : Divulgação / Sindilimp-BA

Por Camila Tíssia no dia 26 de Fevereiro de 2016 ⋅ 11:32

Depois que os terceirizados, que prestam serviço nas escolas estaduais, realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (26), a Secretaria de Educação do Estado da Bahia se posicionou e disse que as empresas que apresentam irregularidades serão notificadas.

Sobre essas empresas, que também não estão efetuando os pagamentos em dia dos funcionários, a secretaria falou também que em alguns casos, tem reincidido contrato.

A secretaria ressaltou ainda que os novos contratos que serão firmados, a partir do novo Registro de Preços estabelecido pela Secretaria da Administração, serão regidos pela Lei Anticalote, o que garantirá maior segurança nas relações contratuais e, também, no pagamento aos funcionários terceirizados.

Notícias relacionadas