Cidade

Mais de 150 toneladas de resíduos são retirados dos canais da AV. ACM

Mais de 150 toneladas de materiais e resíduos diversos foram retirados dos canais da Avenida Antônio Carlos Magalhães, desde a última terça-feira (1), pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman). Entre os resíduos estão eletrodomésticos, pneus, bicicletas, garrafas pet, material plástico, lama e lixo. [Leia mais...]

[Mais de 150 toneladas de resíduos são retirados dos canais da AV. ACM]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Jessica Galvão no dia 02 de Março de 2016 ⋅ 19:51

Mais de 150 toneladas de materiais e resíduos diversos foram retirados dos canais da Avenida Antônio Carlos Magalhães, desde a última terça-feira (1), pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman). Entre os resíduos estão eletrodomésticos, pneus, bicicletas, garrafas pet, material plástico, lama e lixo.

O secretário da Seman, Marcílio Bastos, disse que o canal tem uma função importante da cidade por receber dejetos de diversos pontos. "Qualquer problema reflete em outros pontos da cidade, por isso estamos priorizando o serviço mesmo o canal não estando no limite máximo", disse.

Segundo o órgão, a ação preventiva é feita com uma retroescavadeira hidráulica e apoio de cinco caçambas, e faz parte de um cronograma da secretaria e que será finalizado quando toda a extensão estiver livre. O canal da Avenida ACM também sofre efeito da alta da maré, por isso o trabalho no local é feito também para evitar alagamentos por conta da alta das águas na região.

O gestor da Seman também afirmou que outros canais também vão passar por serviços de limpeza, como na Régis Pacheco, San Martin, Avenida Magalhães Neto e no canal que liga as ruas Nossa Senhora de Fátima e Sâo José, no Arenoso. Além disso, o prefeito já autorizou o serviço nos canais Beira Rio, Xangô e  KM 17, em Itapuã, e em Luis Anselmo o canal da Xurupita está passando por ações de limpeza para posterior cobertura. O Rio Paraguari recebeu manutenção e será feita uma nova vistoria dentro da Operação Chuva para execução de serviços se necessário.

Notícias relacionadas