Cidade

Lula critica Dilma: “Ela está no volume morto. O PT está abaixo”

O ex-presidente Lula e padrinho político da presidente Dilma Rouseff (PT) fez duras críticas ao governo durante reunião com um grupo de padres e dirigentes de entidades religiosas no auditório de seu instituto, em São Paulo. Em tom de desabafo, criticou duramente a presidente Dilma Rousseff e creditou ao seu segundo mandato, a crise vivida pelos petistas. [Leia mais...]

[Lula critica Dilma: “Ela está no volume morto. O PT está abaixo”]
Foto : Reprodução/OEB

Por Bárbara Silveira no dia 20 de Junho de 2015 ⋅ 20:00

O ex-presidente Lula e padrinho político da presidente Dilma Rouseff (PT) fez duras críticas ao governo durante reunião com um grupo de padres e dirigentes de entidades religiosas no auditório de seu instituto, em São Paulo. Em tom de desabafo, criticou duramente a presidente Dilma Rousseff e creditou ao seu segundo mandato, a crise vivida pelos petistas.  “O governo parece um governo de mudos”. O ex-presidente admitiu ainda que é “um sacrifício” convencer sua sucessora a viajar pelo país e defender sua gestão. “Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto, e eu estou no volume morto. Todos estão numa situação muito ruim. E olha que o PT ainda é o melhor partido. Estamos perdendo para nós mesmos”, disse.

Para ilustrar a profundidade do poço em que se meteu o PT, Lula citou uma pesquisa interna do partido, que revela que a crise se instalou no coração da legenda, o ABC Paulista. Muito rouco, o ex-presidente dizia coisas como “o momento não está bom” e “o momento é difícil”. O ex-presidente afirmou ainda que tem aconselhado Dilma. “Isso não é para você desanimar, não. Isso é para você saber que a gente tem de mudar, que a gente pode se recuperar. E entre o PT, entre eu e você, quem tem mais capacidade de se recuperar é o governo, porque tem iniciativa, tem recurso, tem uma máquina poderosa para poder falar, executar, inaugurar”.
 

Notícias relacionadas