Cidade

Após acordo, trabalhadores da educação de Lauro de Freitas suspendem greve

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (10), na Associação dos Servidores do Estado da Bahia (AFPEB), na Estrada do Coco, os trabalhadores da educação do município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, decidiram suspender o movimento grevista que ocorre desde o último dia 12. [Leia mais...]

[Após acordo, trabalhadores da educação de Lauro de Freitas suspendem greve ]
Foto : Divulgação

Por Jessica Galvão no dia 10 de Março de 2016 ⋅ 18:44

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (10), na Associação dos Servidores do Estado da Bahia (AFPEB), na Estrada do Coco, os trabalhadores da educação do município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, decidiram suspender o movimento grevista que ocorre desde o último dia 12. Os docentes voltam às salas de aula na próxima segunda-feira  (14). 

De acordo com nota enviada à imprensa, nesta quinta-feira (10), metade dos educadores já estavam em atividade por conta de uma determinação do Poder Judiciário que "de forma inédita" deu legalidade à greve dos professores de Lauro de Freitas.

A categoria aceitou a promessa dada na última quarta-feira (9) pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), durante reunião entre governo e sindicato, da abertura da pauta para rediscutir a eleição para diretor e vice das escolas da rede municipal. Ficou acertado entre o governo ASPROLF, Sindicato que representa os trabalhadores da educação, a elaboração de uma proposta (feita pelo sindicato) que vai refazer o pleito da gestão escolar. 

Também foi determinado uma data limite para que, através da proposta de escolha dos gestores escolares feita pela entidade sindical, o prefeito Márcio Paiva (PP), siga com a nomeação dos escolhidos via consulta popular.

Na ocasião, foi discutido ainda, a pauta financeira que trata da atualização do Piso do magistério, e essa o Executivo disse que deve apresentar uma proposta na próxima mesa de negociação marcada para a próxima terça-feira (15) na sede da SEMED.

Notícias relacionadas