Cidade

SOS Servidor: Codecon realiza atendimento até 1o de abril

Teve início na última terça-feira (15), a segunda edição do projeto SOS Servidor, realizado pela Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon). O projeto faz parte do conjunto de ações itinerantes do órgão e tem por objetivo informar, orientar e direcionar os servidores públicos municipais que apresentarem problemas em suas relações de consumo. O serviço funcionará das 9h às 14 até o dia primeiro de abril, na sede da Secretaria de Educação (Smed). [Leia mais...]

[SOS Servidor: Codecon realiza atendimento até 1o de abril]
Foto : Divulgação

Por Jessica Galvão no dia 16 de Março de 2016 ⋅ 18:25

Teve início na última terça-feira (15), a segunda edição do projeto SOS Servidor, realizado pela Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon). O projeto faz parte do conjunto de ações itinerantes do órgão e tem por objetivo informar, orientar e direcionar os servidores públicos municipais que apresentarem problemas em suas relações de consumo. O serviço funcionará das 9h às 14 até o dia primeiro de abril, na sede da Secretaria de Educação (Smed). 

Segundo Antônio Carlos Lima, chefe do setor de Educação e Divulgação da Codecon, a expectativa é que os atendimentos deste ano sejam superiores aos realizados em 2015. "Este serviço do SOS Servidor é sempre muito requisitado. No ano passado realizamos este atendimento em cinco secretarias. Nosso balanço identificou que realizamos aproximadamente 600 atendimentos.", disse. Além de sanar dúvidas, o projeto pretende auxiliar o servidor para que ele não precise se ausentar do trabalho para a resolução de suas pendências.

Na primeira edição do SOS Servidor os líderes de reclamações foram os cartões de crédito. “O consumidor precisa ficar ciente dos seus direitos. Quando ele envia um equipamento para a assistência, por exemplo, a empresa tem até 30 dias para resolver o problema. Passando deste prazo, o cidadão pode exigir seu dinheiro de volta ou até mesmo a substituição por um novo produto”. 

O gestor ainda destacou que apesar do projeto ter como foco educativo o servidor público municipal os atendimentos também se estendem a membros da comunidade. Além da orientação são distribuídos panfletos, folders e cartilhas educativas e exemplares do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Notícias relacionadas

[MK fala sobre Lavagem do Bonfim; assista]
Cidade

MK fala sobre Lavagem do Bonfim; assista

Por Metro1 no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:13 em Cidade

Em comentário na Rádio Metrópole, Mário Kertész relembrou momentos da vida política e se emocionou ao elogiar o Hino ao Senhor do Bonfim

[Prefeitura disponibiliza sistema cartográfico de Salvador]
Cidade

Prefeitura disponibiliza sistema cartográfico de Salvador

Por Daniel Brito no dia 15 de Janeiro de 2019 ⋅ 20:00 em Cidade

Através da plataforma, é possível visualizar toda a cidade em alta qualidade, ver o mapa geográfico com e sem as vegetações e edificações, além de fazer pesquisa sobre ru...