Cidade

Forças de segurança intensificam treinamento contra terrorismo em Salvador

Com a proximidade do início dos Jogos Olímpicos 2016, forças de segurança intensificaram os treinamentos contra atentados em grandes eventos. O Estágio de Percepção de Ameaças Terroristas (EPAT), iniciado na quinta (17), no Centro Militar de Convenções e Hospedagem Aeronáutica, teve continuidade nesta sexta-feira (18), e contou com a presença de representantes da Marinha, Exército, Aeronáutica, polícias Federal, Militar e Civil, além de membros de órgãos e instituições que vão estar diretamente ligados às Olimpíadas.[Leia mais...]

[Forças de segurança intensificam treinamento contra terrorismo em Salvador]
Foto : Secom/Bahia

Por Bárbara Silveira no dia 18 de Março de 2016 ⋅ 13:55

Com a proximidade do início dos Jogos Olímpicos 2016, forças de segurança intensificaram os treinamentos contra atentados em grandes eventos. O Estágio de Percepção de Ameaças Terroristas (EPAT), iniciado na quinta (17), no Centro Militar de Convenções e Hospedagem Aeronáutica, teve continuidade nesta sexta-feira (18), e contou com a presença de representantes da Marinha, Exército, Aeronáutica, polícias Federal, Militar e Civil, além de membros de órgãos e instituições que vão estar diretamente ligados às Olimpíadas. 

“Esse é um evento para alinharmos estratégias e somarmos força. O nosso plano de ação integrada entre as forças é melhorado a cada dia. Esse é um momento de o reforçarmos”, afirma o vice-almirante da Marinha, Cláudio Portugal Viveiros, comandante do 2º Distrito Naval.  “Um teste comum que os terroristas fazem antes de realizarem o ataque é de deixar um objeto qualquer, como uma bolsa, por exemplo, em algum lugar público movimentado. Assim ele tem uma noção se as forças de segurança estão atentas”, explica o general Mauro Sinott, comandante de Operações Especiais do Exército Brasileiro.

 

Notícias relacionadas

[Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos]
Cidade

Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos

Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:00 em Cidade

Nos arquivos do Coaf consta que as movimentações financeiras de ex-motorista de Flávio Bolsonaro tiveram um volume maior do que o que foi divulgado em dezembro