Cidade

Rui vê candidatura em Camaçari "adiantada" e oposição com vários nomes em Feira

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), analisou em entrevista à Rádio Metrópole como o governo deve se comportar nas eleições para prefeito de cidades importantes do interior. De acordo com o petista, a missão para Camaçari é de "aparar as arestas" dentro do grupo de Luiz Caetano e do atual gestor da cidade, Ademar Delgado (PT), enquanto em Feira o caminho deve ser a candidatura de mais de um nome de oposição ao prefeito José Ronaldo (DEM). [Leia mais...]

[Rui vê candidatura em Camaçari
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Felipe Paranhos no dia 21 de Março de 2016 ⋅ 09:20

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), analisou em entrevista à Rádio Metrópole como o governo deve se comportar nas eleições para prefeito de cidades importantes do interior. De acordo com o petista, a missão para Camaçari é de "aparar as arestas" dentro do grupo de Luiz Caetano e do atual gestor da cidade, Ademar Delgado (PT), enquanto em Feira o caminho deve ser a candidatura de mais de um nome de oposição ao prefeito José Ronaldo (DEM).

Rui declarou que a composição política em Camaçari "está mais adiantada". Vamos aparar as arestas dos conflitos que tiveram lá. Eu cheguei lá aos 17 anos, conheci o polo, a cidade era um absurdo, e durante décadas era incompatível o nível de riqueza que tinha ali. Hoje, Camaçari muda. Ela tem um tamanho geográfico do tamanho de Salvador, uma forte expnsão urbana. Tem que continuar com o ritmo de desenvolvimento, mas estamos conversando. Ali tem que ter muita conversa", declarou. "Em Feira, deve ter Zé Neto e outros candidatos", completou.

Também da base do governador, Fernando Torres (PSD) já lançou pré-candidatura em Feira de Santana.

Notícias relacionadas