Cidade

"Problema de trânsito não pode virar questão de abuso", diz sindicato

O diretor de imprensa do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Daniel Mota, falou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (28), sobre o protesto de motoristas e cobradores do transporte metropolitano que deixou a cidade completamente travada. Na opinião de Daniel, um problema de trânsito "não pode virar uma questão de abuso de autoridade".[Leia mais...]

[
Foto : Gabriel Nascimento / Metropress

Por Camila Tíssia e Gabriel Nascimento no dia 28 de Março de 2016 ⋅ 10:04

O diretor de imprensa do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Daniel Mota, falou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (28), sobre o protesto de motoristas e cobradores do transporte metropolitano que deixou a cidade completamente travada. Na opinião de Daniel, um problema de trânsito "não pode virar uma questão de abuso de autoridade". 

"Tem que ser resolvido no âmbito do trânsito e do rodoviário. Inclusive o companheiro do Metropolitano não é associado, mas nos solidarizamos com ele. Arrancar o trabalhador do volante e levar no camburão de forma violenta é complicado. Isso tem que ser resolvido de forma pacífica e ordeira. A alegação é que o companheiro fechou o veículo que vinha passando o policial, que apontou uma arma, o cara ficou com medo e avançou", afirmou. 

Ainda segundo Daniel, o problema já está sendo resolvido. "Graças a Deus... Fomos solidários com o companheiro, ficamos muito preocupado com essa violência no transporte urbano, somos alvos de acidentes inexplicáveis. A gente tá muito preocupado com o estado psicológico dos rodoviários em Salvador. Houve bom senso e o presidente, Hélio, interferiu e conseguiu a libertação do companheiro", disse.

Notícias relacionadas