Cidade

Bompreço do Canela e do Campo Grande são autuados por irregularidades

Supermercados da rede Bompreço foram notificados e autuados durante fiscalização realizada nesta sexta-feira (3) pela Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). [Leia mais...]

[Bompreço do Canela e do Campo Grande são autuados por irregularidades]
Foto : Reprodução

Por Juliana Almirante no dia 04 de Julho de 2015 ⋅ 12:03

Supermercados da rede Bompreço foram notificados e autuados durante fiscalização realizada nesta sexta-feira (3) pela Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). As lojas do Campo Grande e Canela foram autuadas por manter produtos estragados na área de vendas e com diferença de preço. Foram encontrados dois pratos de berinjela e um de batata yacon, expostos fora das normas do código de consumidor. Sucos de caixa também foram encontrados expostos com preço na prateleira de R$ 1,17 e na gôndola de R$ 1,31.

A chefe de Fiscalização do órgão, Rose Estrela, alerta que os consumidores devem olhar a validade dos produtos, estado de conservação e se o preço da prateleira é igual ao da gôndola. Caso encontrem inconformidades, é possível denunciar no 156. A loja do Canela já havia sido autuada em outras operações do órgão: duas em 2014 e outras duas em 2013. Em janeiro de 2015, a unidade chegou a ser interditada por manter nas prateleiras diversos produtos vencidos. Os supermercados têm 10 dias para enviar sua defesa à Codecon e 48 horas para corrigir os erros encontrados.

Notícias relacionadas

[Othon Bahia demitirá 240 funcionários ]
Cidade

Othon Bahia demitirá 240 funcionários 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 12:00 em Cidade

Além das unidades da Bahia e Minas Gerais, o grupo deve fechar as dependências no Rio de Janeiro

[Áreas nobres de Salvador ficam sem água nesta terça ]
Cidade

Áreas nobres de Salvador ficam sem água nesta terça 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 07:20 em Cidade

De acordo com a Embasa, a medida será tomada para a manutenção periódica e lavagem em equipamentos do reservatório que fica no bairro da Federação