Cidade

Jaques Wagner critica nomeação do novo presidente da Codevasf

Ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, atualmente ministro da Defesa, não gostou da nomeação do novo presidente da Codevasf. O ministro queria que o indicado fosse um baiano.

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Bárbara Gomes no dia 20 de Maio de 2015 ⋅ 18:29

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, ex-governador da Bahia, lamentou a substituição do engenheiro Elmo Vaz por Felipe Mendes, na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), vinculada ao Ministério da Integração Nacional. Wagner admitiu que o acordo político era para que o comando da Codevasf passasse para o PP a indicação, mas mesmo assim, aguardava para o cargo um indicado baiano. 

 

"Tinha havido uma negociação com o PP. São normais essas negociações quando ele foi para o Ministério da Integração Nacional. Eu imaginei que pudesse ser do PP da Bahia, mas a opção que foi feita foi por uma pessoa do Piauí. Evidentemente que eu não gosto. Mas eu sei que a composição política é essa", comentou o ministro. Vale ressaltar que o engenheiro Elmo Vaz esteve no comando da companhia por indicação de Wagner.

 

O ministro defendeu que o indicado do PP fosse da Bahia. "Afinal de contas, a Bahia é o maior Estado do Nordeste. A maior economia. O maior usuário da Codevasf. Mas isso não quer dizer que a Bahia será esquecida na Codevasf.  Com mudança da direção quem sabe a gente tenha mais investimentos da Codevasf na Bahia", disse.

 

Felipe Mendes é apadrinhado político do senador Ciro Nogueira (PP-PI). O escolhido já foi deputado federal, vice-governador de Hugo Napoleão e secretário de Planejamento e Fazenda do Estado no governo de Zé Filho (PMDB). Ele também foi secretário de Finanças de Teresina, durante a gestão passada do prefeito Firmino Filho (PSDB).

Comentarios

Notícias relacionadas

[Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador]
Cidade

Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador

Por Metro1 no dia 15 de Julho de 2018 ⋅ 09:30 em Cidade

Testemunhas relataram que a embarcação estava atracada no Saveiro Clube, localizado na Avenida Portos dos Mastros. A Marinha também auxiliou a ação