Cidade

"O ajuste fiscal proposto pelo governo é rudimentar", alfineta Aécio Neves

Aécio Neves, afirmou que o governo federal precisa assumir os erros que cometeu e vem cometendo para que o Brasil volte a crescer. "O governo precisa dar sinais claros que reconhece os erros que cometeu até aqui.

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 21 de Maio de 2015 ⋅ 11:39

O presidente nacional do PSDB e senador, Aécio Neves, afirmou que o governo federal precisa assumir os erros que cometeu e vem cometendo para que o Brasil volte a crescer. "O governo precisa dar sinais claros que reconhece os erros que cometeu até aqui. Com essa situação atual, não é justo que o governo não diminua um ministério e não restrija um cargo comissionado sequer. Nós nunca vimos um balcão de negócios tão explícito como nesse governo", disse em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (21).

"Que o PT apresente uma agenda de crescimento para o Brasil. O ajuste fiscal proposto pelo ministro Joaquim Levy é rudimentar e se sustenta apenas no aumento da carga tributária. O que é mais grave é a crise de confiança", criticou.

Notícias relacionadas