Cidade

Luiz Felipe Pondé sobre o mundo contemporâneo: “Nossa época é muito mimada”

Questionado por Mário Kertész na tarde desta quinta-feira (11), durante o programa Entre Páginas Especial, realizado no Teatro Eva Herz, sobre o mundo contemporâneo, o escritor, professor, filósofo e comentarista da Rádio Metrópole, Luiz Felipe Pondé, disse que acha “ridículo as pessoas perderem a noção de que tudo é caro” [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Alaine Brasil e Matheus Simoni no dia 11 de Agosto de 2016 ⋅ 17:50

Questionado por Mário Kertész na tarde desta quinta-feira (11), durante o programa Entre Páginas Especial, realizado no Teatro Eva Herz, sobre o mundo conteporâneo, o escritor, professor, filósofo e comentarista da Rádio Metrópole, Luiz Felipe Pondé, disse que acha “ridículo as pessoas perderem a noção de que tudo é caro”.

“A nossa época é muito mimada. Somos muito mimados. As pessoas acham que a felicidade é direito. A igualdade é um direito. Eu acho isso engraçado. Há sempre quem diz que 1% do mundo é rico. Ele não está no shopping comprando relógio. Tem crise aqui, arrebenta bolha lá, pulam da janela aqui, mas o mundo continua o mesmo. Há sempre o que se mudar, mas o mundo não deixa de ser pobre. Se você acha que pode exigir aposentadoria, é porque o mundo tá rico. Direitos humanos são um luxo, é como bolsa prada. O que eu acho ridículo é que as pessoas estão perdendo a noção que tudo é caro. Imagina quanto dinheiro foi envolvido para estarmos aqui. Acham que tudo está dado. Escreve uma lei, e acham que tudo acontece”, disse.

Notícias relacionadas