Cidade

Gianneti fala da relação dos portugueses com países da península ibérica

O programa Entre Páginas Especial desta terça-feira (23), realizado no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Salvador Shopping, recebeu o economista, professor e PHD em economia, Eduardo Giannetti. O escritor do livro"Trópicos Utópicos — uma perspectiva brasileira da crise civilizatória” falou sobre a relação dos portugueses com os países da península ibérica. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Luiza Leão e Matheus Simoni no dia 23 de Agosto de 2016 ⋅ 18:11

O programa Entre Páginas Especial desta terça-feira (23), realizado no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Salvador Shopping, recebeu o economista, professor e PHD em economia, Eduardo Giannetti. O escritor do livro  "Trópicos Utópicos — uma perspectiva brasileira da crise civilizatória” falou sobre a relação dos portugueses com os países da península ibérica.

"São vidas paralelas. São duas variantes da civilização europeia. Uma diferença fundamental é a seguinte: os portugueses tinham uma convivência muito grande com os povos da península ibérica, tinham empatia com aqueles que tinham culturas diferentes das deles. Os anglos não tinham contato. E isso fez a diferença. Os refugiados da Nova Inglaterra foram criar sociedades bem organizadas e sem os vícios", disse. "Fala-se que tudo é permitido abaixo da linha do Equador. Há uma coisa boa nisso, mas não é tudo verdade", acredita o escritor fazendo rerência à canção do compositor Chico Buarque, "Não Existe Pecado ao Sul do Equador".

Notícias relacionadas

[Universidade Católica de Salvador completa 57 anos ]
Cidade

Universidade Católica de Salvador completa 57 anos

Por Metro1 no dia 18 de Outubro de 2018 ⋅ 09:55 em Cidade

A instituição foi inaugurada pelo 1º Grão Chanceler, D. Augusto Álvaro Cardeal da Silva e teve como primeiro reitor o Monsenhor Eugênio de Andrade Veiga (1962-1979)