Cidade

Ipac diz que gravações do “Esquenta” não atrapalhariam funcionamento do MAM

Em resposta à notícia sobre a solicitação de exoneração de Zivé Giudice da Direção do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), a Assessoria de Comunicação do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) afirmou que o pedido foi aceito e a “transição do cargo com tranquilidade e transparência que a gestão pública solicita”. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Laura Lorenzo no dia 24 de Agosto de 2016 ⋅ 16:16

Em resposta à notícia sobre a solicitação de exoneração de Zivé Giudice da Direção do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), a Assessoria de Comunicação do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) afirmou que o pedido foi aceito e a “transição do cargo com tranquilidade e transparência que a gestão pública solicita”. Giudice entregou seu cargo por não concordar com a autorização do Ipac concedida para a gravação do programa da Rede Globo, "Esquenta". 

Segundo o Instituto, a solicitação feita para o programa foi apenas para uma captação sonora de 30 minutos na área externa do Solar do Unhão. O Ipac alegou ainda que a gravação seria feita no período da manhã da terça-feira (23) ou desta quarta (24), e que nesses horários não existem atividades sendo realizadas no local, ou seja, não haveria distúrbio no funcionamento do museu. Foi informado que os museus do Ipac só começam a funcionar a partir das 13h.

Notícias relacionadas