Cidade

Unesco recebe denúncia sobre risco de preservação dos casarões de Salvador

Três associações de arquitetos e urbanistas do estado pediram à Unesco, seção da ONU para educação e cultura, a inclusão dos casarões do Centro Histórico de Salvador no rol de patrimônios ameaçados. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agecom

Por Juliana Almirante no dia 09 de Julho de 2015 ⋅ 13:30

Três associações de arquitetos e urbanistas do estado pediram à Unesco, seção da ONU para educação e cultura, a inclusão dos casarões do Centro Histórico de Salvador no rol de patrimônios ameaçados. Segundo reportagem da Folha, a expectativa é de que uma missão da Unesco visite Salvador nos próximos meses.  

O material é assinado por representantes do Instituto dos Arquitetos do Brasil, Conselho de Arquitetura e Urbanismo da Bahia e Sindicato de Arquitetos e Urbanistas Baianos (Sintarq). No documento, os especialistas falam em "condições precárias de uso e conservação".  

Após a morte de uma pessoa com o desabamento de um imóvel próximo ao Elevador Lacerda, a prefeitura de Salvador decidiu demolir 31 casarões na região. O caso contou com aval do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Notícias relacionadas