Cidade

Secretário de Saúde fala sobre mutirão de cirurgias e investimentos em Salvador

O secretário de saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, falou ao Metro1, neste domingo (4), durante a inauguração da segunda etapa da Linha Vermelha (BR-Águas Claras), sobre o mutirão de cirurgias que serão realizadas no Hospital Geral de Ipiaú (HGI) a partir da próxima segunda-feira (5). "Começamos pela cidade de Ipiaú que congrega mais de 12 municípios. Fizemos na sexta e no sábado e hoje, as consultas e exames pré operatórios e iremos a partir de amanhã, começar a realizar as cirurgias", disse. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Jessica Galvão e Gabriel Nascimento no dia 04 de Setembro de 2016 ⋅ 11:09

O secretário de saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, falou ao Metro1, neste domingo (4), durante a inauguração da segunda etapa da Linha Vermelha (BR-Águas Claras), sobre o mutirão de cirurgias que serão realizadas no Hospital Geral de Ipiaú (HGI) a partir da próxima segunda-feira (5). "Começamos pela cidade de Ipiaú que congrega mais de 12 municípios. Fizemos na sexta e no sábado e hoje, as consultas e exames pré operatórios e iremos a partir de amanhã, começar a realizar as cirurgias", disse.

Os procedimentos visam reduzir a fila de espera dos pacientes para procedimentos como cirurgias de hérnia epigástrica, hérnia umbilical, retirada de pedras na vesícula e histerictomia (retirada do útero). Na ocasião, o secretário falou sobre os investimentos na saúde na cidade. "Os investimentos em Salvador são como sempre foram, vultuosos. Daqui a duas semanas iremos inaugurar o novo hospital, o HGE, dois com mais 250 leitos. No mês de outubro iremos inaugurar um novo hospital, o maior hospital de cirurgias para as mulheres, não é uma maternidade, é um hospital de 140 leitos, o Hospital Estadual da Mulher. Estamos investindo na reforma e reestruturação do Hospital João Batista Caribé, na Cidade Baixa. Temos investimentos na reestruturação de várias unidades hospitalares, um grande investimento no Hospital Roberto Santos, com a estruturação de uma avenida no entorno do hospital, com a colocação de uma praça de esportes, uma unidade de polícia comununitária, dentro do hospital uma nova unidade de terapia de UTI neonatal, reforma na maternidade, semi utensiva, reforma de centro cirúrgico, acolhimento. No complexo hospitalar do Ernesto Simões, Otávio Mangabeira, também é um grande projeto de reurbanização interna e externa e mais a reforma que deverá sair do Hospital Otávio Mangabeira, enfim, são ações na saúde dentro do município de Salvador muito grandes", finalizou Vilas Boas.

Notícias relacionadas

[Universidade Católica de Salvador completa 57 anos ]
Cidade

Universidade Católica de Salvador completa 57 anos

Por Metro1 no dia 18 de Outubro de 2018 ⋅ 09:55 em Cidade

A instituição foi inaugurada pelo 1º Grão Chanceler, D. Augusto Álvaro Cardeal da Silva e teve como primeiro reitor o Monsenhor Eugênio de Andrade Veiga (1962-1979)