Cidade

Cartão de acesso de idosos em ônibus de Salvador ainda não saiu do papel

Desde o cancelamento do cartão do idoso, documento que garantia o acesso de maiores de 65 anos nos ônibus de Salvador, a Metrópole acompanha os frequentes casos de desrespeito nas ruas da capital [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 13 de Setembro de 2016 ⋅ 09:50

Desde o cancelamento do cartão do idoso, documento que garantia o acesso de maiores de 65 anos nos ônibus de Salvador, a Metrópole acompanha os frequentes casos de desrespeito nas ruas da capital. Os 147 mil usuários do cartão passaram a ter o acesso através da porta da frente mediante a apresentação da identidade. Só que com a mudança na distribuição de lugares nos novos ônibus, os idosos passaram a ter menos acentos exclusivos na parte dianteira do veículo e a única opção é descer e entrar novamente pela porta do meio. 

Subcoordenadora da Defensoria Especializada de Proteção ao Idoso, Laise Carvalho afirmou, no início de setembro, que em reunião com as empresas, ficou definido que seria testado um cartão-mestre nas mãos do cobrador. Só que semanas depois, a iniciativa ainda não saiu do papel. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários de Salvador, empresas e a prefeitura estão estruturando a mudança.  “Os idosos serão mais respeitados, empresas e prefeitura criando o passaporte para autorizar o idoso a entrar nos ônibus. Os idosos vão contar com o cartão na mão do cobrador para que não tenha prejuízo para acessar o ônibus. A gente está propondo que os ônibus que não tiverem essa tecnologia, que abram a porta do meio”, afirmou.

Ainda segundo Daniel, a categoria está sendo orientada a ter paciência. “Pode acontecer um acidente, os rodoviários estão sendo aconselhando a ter paciência, cordialidade. O cobrador ficar muito atento. Não vamos desrespeitar a lei que esta ai”, completou. 

Notícias relacionadas