Cidade

Paralisação de ferroviários deixa subúrbio sem trens até sexta-feira

Os trens do Subúrbio Ferroviário de Salvador, que trafegam da Estação da Calçada a Paripe, estão parados desde essa quarta (14). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário dos Estados da Bahia e Sergipe (Sindiferro), a paralisação deve ir até esta sexta (16). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação / Sindiferro

Por Camila Tíssia no dia 15 de Setembro de 2016 ⋅ 06:49

Os trens do Subúrbio Ferroviário de Salvador, que trafegam da Estação da Calçada a Paripe, estão parados desde essa quarta (14). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário dos Estados da Bahia e Sergipe (Sindiferro), a paralisação deve ir até esta sexta (16).

Os trabalhadores da Companhia de Transportes da Bahia (CTB) afirmam que o movimento foi deflagrado pela falta de reajuste salarial, que segundo eles, a empresa não ofereceu. A categoria pede um aumento de 9,27%.

Ainda segundo o sindicato, os ferroviários já tinham dado um indicativo de "insatisfação com a empresa" no início do mês de agosto, quando chegou a fazer uma paralisação de 24 horas.

Cerca de 18 mil pessoas utilizam diariamente o sistema de transporte. Em nota, o sindicato disse ainda que, lamenta os transtornos causados para a população. Sem os trens, os usuários têm que pagar um valor quase sete vezes maior do que o de costume com a passagem do ônibus, que custa R$ 3,30, enquanto o trem é tarifado em R$ 0,50 centavos.

Notícias relacionadas