Cidade

"O bairro está na moda", diz Rosemma sobre desordem no Rio Vermelho

A requalificação do bairro do Rio Vermelho tem levado cada vez mais pessoas à região e, com elas, os ambulantes. No entanto, as ruas tomadas por jovens, cheias de vendedores e som alto, não estão agradando os moradores mais antigos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Bocão News

Por Gabriel Nascimento no dia 19 de Setembro de 2016 ⋅ 09:49

A requalificação do bairro do Rio Vermelho, em Salvador, tem levado cada vez mais pessoas à região e, com elas, os ambulantes. No entanto, as ruas tomadas por jovens, vendedores e som alto não estão agradando os moradores mais antigos. Questionada sobre a situação, durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (19), a secretária de Ordem Pública, Rosemma Maluf, falou sobre as ações de ordenamento na área.

"Nós não retiramos o que tem autorização, só o que está irregular, a questão da poluição sonora e etc. Ela [a operação] tem avançado e a resposta tem sido positiva, tenho tido reuniões com alguns ambulantes da área. Nossa proposta é fazer uma licença para os ambulantes tradicionais. Vai ser processual, pedimos calma", afirmou.

Sobre o aumento da circulação de pessoas e também a realização de manifestações, Rosemma disse que " o Rio Vermelho é um bairro que está na moda". "Ele tem um imã que atrai as pessoas, os jovens. Carros que comercializam bebidas e ambulantes são atraídos pelas pessoas, que ficam sentadas batendo papo", disse. "[Sobre os protestos], o momento é sensível, os ânimos estão acirrados no país por causa das eleições. Há protestos no Brasil inteiro", finalizou

Notícias relacionadas