Cidade

Rui sobre HGE 2: “Todos os equipamentos e o que tem de melhor no país estão lá”

Em entrevista a Mário Kertész nesta quinta-feira (22), durante o Jornal da Bahia no Ar, na Rádio Metrópole, o governador Rui Costa falou sobre a inauguração do HGE 2 pelo governo do estado. “Mais que dobra a capacidade do HGE. Será a mesma direção, estamos contratando mais gente, continuará sendo o mesmo hospital”, comemorou o governador. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Stephanie Suerdieck e Gabriel Nascimento no dia 22 de Setembro de 2016 ⋅ 08:26

Em entrevista a Mário Kertész nesta quinta-feira (22), durante o Jornal da Bahia no Ar, na Rádio Metrópole, o governador Rui Costa falou sobre a inauguração do HGE 2 pelo governo do estado. “Mais que dobra a capacidade do HGE. Será a mesma direção, estamos contratando mais gente, continuará sendo o mesmo hospital”, comemorou o governador. De acordo com Rui, agora, a unidade se aproxima, em tamanho, do Hospital Roberto Santos, que é o maior do estado. “Todos os equipamentos e o que tem de melhor no país estão lá. Nosso povo merece o que tem de melhor. Com isso, ampliamos bastante a capacidade de atendimento”, explicou.

Além do HGE 2, o governador falou ainda sobre a entrega do Hospital da Mulher, no Largo de Roma, que será feita em breve. “É o primeiro grande hospital para a mulher, totalmente equipado. Estamos na fase final de instalação dos equipamentos. Lá fará todos os procedimentos e atendimentos voltados à mulher”, detalhou. Para Rui Costa, a unidade será uma referência para o atendimento da mulher na Bahia. “Estará aberto a todas as mulheres e entrego ainda este ano”, afirmou, declarando que no início de 2017 também entregará outros dois hospitais. “O Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, que passa a atender a região inteira e as obras estão quatro meses antecipadas. Vamos melhorar substancialmente o atendimento na região do cacau. Além disso, entrego o Hospital de Seabra, que será  o primeiro hospital da Chapada [Diamantina], para atender a toda região e está fisicamente pronto. Estamos fazendo a instalação dos equipamentos e, assim que essas obras ficarem prontas no fim do ano, vamos abrir e entregar aquele hospital À população. Estamos com investimento forte na área de Saúde”.

Para o HGE 2, o investimento foi da ordem de R$ 80 milhões. “Na saúde, o mais importante não é nem o investimento, os equipamentos, é o custeio. Em um ano apenas de custos, ele é igual ao valor de todo o investimento mais equipamentos. Ele vai custar em um ano, R$ 80 milhões pra se manter”. O governador também lembrou da visita guiada com a participação de entidades médicas e do Ministério Público, realizada no início desta semana. “É tudo muito bonito e de última geração”, disse.

Notícias relacionadas