Cidade

Salvador ocupa a 16ª colocação no Índice de Bem-Estar Urbano

Salvador está na 16ª colocação quando o assunto é qualidade de vida. É o que diz um levantamento inédito realizado pelo Observatório das Metrópoles, coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). De acordo com o Índice de Bem-Estar Urbano (Ibeu), a capital baiana ficou com 0,7719. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Gabriel Nascimento/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 27 de Setembro de 2016 ⋅ 09:56

Salvador está na 16ª colocação quando o assunto é qualidade de vida. É o que diz um levantamento inédito realizado pelo Observatório das Metrópoles, coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). De acordo com o Índice de Bem-Estar Urbano (Ibeu), a capital baiana ficou com 0,7719, e perdeu para Recife (0,7758); Fortaleza (0,7819); João Pessoa (0,7992); São Paulo (0,8119).

Quem está no topo da lista é Vitória, no Espírito Santo, com 0,9 de Ibeu. Na sequência aparecem Goiânia, em Goiás, com 0,874; Curitiba, no Paraná, com 0,874; Belo Horizonte, em Minas Gerais, com 0,819; Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com 0,899.

O estudo avaliou cinco indicadores: mobilidade urbana, levando em consideração o tempo de deslocamento de casa para o trabalho; condições ambientais (arborização, esgoto a céu aberto, lixo acumulado); condições habitacionais (número de pessoas por domicílio e de dormitórios); serviços coletivos urbanos (abastecimento adequado de água, esgoto, energia e coleta de lixo); e infraestrutura.  

 

Notícias relacionadas

[Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos]
Cidade

Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos

Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:00 em Cidade

Nos arquivos do Coaf consta que as movimentações financeiras de ex-motorista de Flávio Bolsonaro tiveram um volume maior do que o que foi divulgado em dezembro