Cidade

Centro de Convenções será demolido, diz chefe da Casa Civil do governo estadual

De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil do governo do estado, Bruno Dauster, o Centro de Convenções de Salvador será demolido depois do desabamento de parte de sua estrutura, que aconteceu na última sexta-feira (23). Dauster esteve nesta terça-feira (27) no equipamento, localizado no Stiep. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tacio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 27 de Setembro de 2016 ⋅ 12:36

De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil do governo do estado, Bruno Dauster, o Centro de Convenções de Salvador será demolido depois do desabamento de parte de sua estrutura, que aconteceu na última sexta-feira (23). Dauster esteve nesta terça-feira (27) no equipamento, localizado no Stiep. 

Na oportunidade, Bruno Dauster analisou o Centro quando explicou que ainda não foi realizada uma perícia para avaliar a estrutura do equipamento. A perícia só acontecerá quando houver a remoção do material que desabou. Além dele, bombeiros, técnicos da Delegacia de Polícia Técnica (DPT) e o engenheiro Carlos Emílio Meneses Strauch, autor do projeto de estruturação do Centro de Convenções em 1978, também estiveram presentes.

Na segunda-feira (26), a Secretaria de Urbanismo de Salvador (Sucom) afirmou que a obra do Centro de Convenções não tinha alvará. “O município não expediu nenhum alvará para nenhum tipo de reforma que estava acontecendo no Centro de Convenções. Todas as obras estavam sendo feitas de forma irregular, porque não tinham o alvará da Sucom. Seja estrutural ou dos reparos na parte elétrica ou dos pisos. Nada disso, nada. A Sucom não expediu nenhum tipo de alvará por solicitação do Governo do Estado ou também por alguma empresa terceirizada contratada para a realização de reparos e reformas”, disse o secretário Sérgio Guanabara.

 

Notícias relacionadas