Cidade

"Precisamos separar o joio do trigo", diz Coronel sobre PMs acusados de estupro

O coronel Anselmo Alves Brandão, comandante geral da Polícia Militar em entrevista à Radio Metrópole na manhã desta terça-feira (14) falou sobre o caso da adolescente grávida estuprada por policiais em São Sebastião do Passé no último sábado (11) [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Bárbara Silveira/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 14 de Julho de 2015 ⋅ 09:32

O Coronel Anselmo Alves Brandão, comandante geral da Polícia Militar em entrevista à Radio Metrópole na manhã desta terça-feira (14) falou sobre o caso da adolescente grávida estuprada por policiais em São Sebastião do Passé no último sábado (11). De acordo com o coronel, não serão aceitas posturas semelhantes aos dos policiais envolvidos na situação. “Nós quebramos este mito do corporativismo. Esses policiais foram presos por policias”, disse. “Hoje os policiais já estão internalizando que precisamos separar o joio do trigo”, afirmou.

O Coronel comentou também sobre o tenente que se envolveu em uma briga, no bairro de Pirajá durante uma festa deixando 2 pessoas feridas e uma morta. “Automaticamente nós encaminhamos ele para a delegacia, por crime de homicídio. Foi autuado, está no batalhão de choque. E nós iremos abrir o devido processo legal se tratando de um tenente, se tratando de uma situação mais especial, mais específica para adotarmos as medidas cabíveis”, completou. O Coronel ressaltou que está sendo montada uma corregedoria forte para proteger os bons policiais.

Notícias relacionadas