Cidade

Receita Federal apreende carga avaliada em 160 mil dólares que saiu de Paris

A Receita Federal apreendeu 170 celulares, 24 câmeras e 20 "relógios inteligentes" que estavam em um voo charter [fretado e que pode transportar passageiros ou cargas] que saiu de Paris com destino a Salvador, na madrugada deste sábado (8). Sem o pagamento dos impostos devidos, o material ficou retido. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Receita Federal

Por Luiza Leão no dia 08 de Outubro de 2016 ⋅ 15:21

A Receita Federal apreendeu 170 celulares, 24 câmeras e 20 "relógios inteligentes" que estavam em um voo charter [fretado e que pode transportar passageiros ou cargas] que saiu de Paris com destino a Salvador, na madrugada deste sábado (8). O valor dos equipamentos apreendidos está estimado em 160 mil dólares. Sem o pagamento dos impostos devidos, o material ficou retido.

Abordados na alfândega, os passageiros afirmaram que o conteúdo das caixas pertenciam a uma empresa, que assumiu ser a dona da mercadoria, segundo a Receita Federal. Esses passageiros foram liberados após a apreensão. A Receita poderá aplicar “pena de perdimento", caso seja comprovada destinação comercial.

Os objetos foram transportados em caixas pequenas, trazidas por 24 passageiros. Foi essa repetição do volume o que chamou a atenção de uma auditora-fiscal e um analista-tributário que estavam de plantão no momento.

Esclarecimento

Em nota, o escritório de advocacia Krushewsky & Nunes Ribeiro, esclareceu que a carga apreendida pertence a uma operadora mundial de serviços de telefonia móvel e serviços de internet. A empresa realiza anualmente um evento institucional, o "Orange Customer Champions", que neste ano aconteceu em Praia do Forte, entre os dias 8 e 11 de outubro. Um recurso administrativo autorizou a restituição dos aparelhos indevidamente retidos.

Notícias relacionadas