Cidade

Secretária critica ação da Guarda Municipal no Rio Vermelho;órgão nega

A Guarda Municipal de Salvador voltou a dar o que falar. Em sua página do Facebook, a secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, criticou uma ação do órgão e relatou que duas jovens foram encaminhadas para a delegacia após pedirem a identificação dos guardas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Facebook/ Olívia Santana

Por Matheus Morais no dia 09 de Outubro de 2016 ⋅ 17:16

A Guarda Municipal de Salvador voltou a dar o que falar. Em sua página do Facebook, a secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, criticou uma ação do órgão e relatou que duas jovens foram encaminhadas para a delegacia após pedirem a identificação dos guardas. 
 
“Os agentes da guarda estavam realizando mais uma, das suas cotidianas operações de perseguição e remoção dos ambulantes do Rio Vermelho, nesta nossa capital do desemprego, e se sentiram incomodados porque Angela e Kadine estavam registrando a ação truculenta deles. Eles não ostentavam nenhuma identificação, ao contrário do que manda a Lei. Exigiram os documentos de Ângela Guimarães e Kadine Bárbara, que solicitaram também que os mesmos se identificassem. Foi o suficiente para que eles jogassem as duas na viatura e as levassem para a Central de Flagrantes do Iguatemi”, afirmou, no Facebook. 

Segundo Olívia Santana, medidas estão sendo tomadas para que as duas sejam liberadas. “Temos que repudiar esse fato humilhante e absurdo. Verdadeiro abuso de autoridade!”, disse. 

Em nota enviada à imprensa neste domingo (9), a Guarda Municipal afirmou que diferente do que foi relatado, não houve nenhum tipo de agressão por parte dos agentes de segurança do município. 

“Os servidores que participaram da ação foram duramente desacatados, com diversos tipos de xingamentos. As duas senhoras que foram encaminhadas à Central de Flagrantes, além de serem conduzidas no banco de trás da viatura, foram acompanhadas por uma Guarda Civil feminina, inclusive com intuito de garantir a integridade das mesmas”, diz a nota.

A Guarda Civil ressaltou ainda que os agentes mantiveram a todo o momento o equilíbrio emocional e respeito às conduzidas, conforme é possível verificar nos vídeos divulgados. 

Notícias relacionadas

[Othon Bahia demitirá 240 funcionários ]
Cidade

Othon Bahia demitirá 240 funcionários 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 12:00 em Cidade

Além das unidades da Bahia e Minas Gerais, o grupo deve fechar as dependências no Rio de Janeiro

[Áreas nobres de Salvador ficam sem água nesta terça ]
Cidade

Áreas nobres de Salvador ficam sem água nesta terça 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 07:20 em Cidade

De acordo com a Embasa, a medida será tomada para a manutenção periódica e lavagem em equipamentos do reservatório que fica no bairro da Federação