Cidade

Superintendente promete reavaliar excesso de sinaleiras

Fabrízzio Muller explicou, em entrevista à Rádio Metrópole, que há uma demanda por causa do grande fluxo de pedestres na região, devido a instalação do Shopping Bela Vista, mas que alguns deles serão reavaliados. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira /Metropress

Por Milene Rios e Matheus Morais no dia 10 de Outubro de 2016 ⋅ 08:56

Após as constantes reclamações das sinaleiras que ligam o bairro de Pernambués ao Cabula, o Superintendente de Trânsito de Salvador, Fabrízzio Muller explicou, em entrevista à Rádio Metrópole, que há uma demanda por causa do grande fluxo de pedestres na região, devido a instalação do Shopping Bela Vista, mas que alguns deles serão reavaliados. 

“Veio de um TAC [Termo de Ajustamento de Conduta] e existia através de um projeto da Transalvador e ia ser implantado um shopping center e ia aumentar o fluxo. Muitos semáforos são necessários, eu vi que de fato há uma demanda de pedestres, mas eles não esperam. Os semáforos irão sair, os de fora, os da Ladeira do Cabula não irão sair", garantiu Müller.

Outro ponto discutido pelo gestor de trânsito, foi o embarque e desembarque de passageiros na Rodoviária e  aeroporto de Salvador, que gera uma série de multas pra quem ultrapassa o limite de parada. “A pessoa pode embarcar e desembarcar, mas o meio fio é curto, pequeno, se as pessoas ficam esperando, não dá. Há tempo para a pessoa embarcar e desembarcar, não pode é a pessoa ficar esperando”, pontuou. 

Notícias relacionadas