Cidade

Auditores fiscais do trabalho na Bahia paralisam atividades nesta quarta-feira

Auditores fiscais do trabalho na Bahia vão paralisar as atividades por 24 horas, nesta quarta-feira (15), em mobilização pela campanha salarial dos servidores públicos federais e por melhores condições de trabalho nas sedes do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no estado. Em Salvador, a categoria fará um protesto em frente à Superintendência Regional do Trabalho (SRTE/BA), na Avenida Sete de Setembro, a partir das 9h. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / SAFITE-BA

Por Stephanie Suerdieck no dia 14 de Julho de 2015 ⋅ 14:08

Auditores fiscais do trabalho na Bahia vão paralisar as atividades por 24 horas, nesta quarta-feira (15), em mobilização pela campanha salarial dos servidores públicos federais e por melhores condições de trabalho nas sedes do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no estado. Em Salvador, a categoria fará um protesto em frente à Superintendência Regional do Trabalho (SRTE/BA), na Avenida Sete de Setembro, a partir das 9h.

Durante a paralisação ficam suspensos os serviços de orientação trabalhista, homologação de demissão, audiência de mediações de conflitos coletivos de trabalho, fiscalizações de empresas, de acidente de trabalho e trabalho infantil. De acordo com o sindicato da categoria, as paralisações vão ocorrer uma vez por semana.

Os auditores fiscais do trabalho, assim como todas as categorias do serviço público federal do país, rejeitam a proposta de reajuste salarial de 21,3%, dividido em quatro parcelas, até 2019, oferecido pelo governo federal. A categoria também denuncia a situação de sucateamento do MTE na Bahia, que vem comprometendo o trabalho dos servidores do órgão e o atendimento ao público. Os usuários do edifício sofrem com elevadores interditados e pane na central de ar-condicionado.

 

 

Notícias relacionadas