Cidade

Estudantes e servidores protestam contra a PEC 241 em Salvador

O trânsito começou complicado em diversos pontos da cidade na manhã dessa segunda-feira (24). Na região da Rua Silveira Martins, no Cabula, estudantes da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) bloqueiam parte da via em protesto a PEC 241, que estabelece um teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Luiza Leão/Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 24 de Outubro de 2016 ⋅ 09:09

O trânsito começou complicado em diversos pontos da cidade na manhã dessa segunda-feira (24). Na região da Rua Silveira Martins, no Cabula, estudantes da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) bloqueiam parte da via em protesto a PEC 241, que estabelece um teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos. 

Também contra a medida, que tramita na Câmara dos Deputados, os servidores técnicos-administrativos da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que deflagraram greve, bloquearam, até por volta de 9h30, a entrada do campus de Ondina, em Salvador. Os manifestantes deixaram a porta do campus e seguiram em direção a área interna da universidade. "Tem assembleia da Apub [Sindicato dos professores das Instituições Federais de Ensino da Bahia], queremos convidar a Apub a incorporar a greve. Queremos uma greve conjunta, incorporar a atividade universitária", diziam os manifestantes. 

A PEC 241 está pautada para esta semana na Câmara dos Deputados. O governo pretende que o texto seja aprovado para vigorar a partir do Orçamento de 2017. A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador),afirmou que está monitorando o trânsito nos locais. 

 

 

Notícias relacionadas