Cidade

Tom Zé relembra infância na Bahia e fala de show na Concha Acústica em dezembro

Nesta semana, Mário Kertész entrevistou o cantor e compositor Tom Zé. Com 80 anos de idade e quase 60 de carreira, o músico, natural da cidade de Irará, no interior da Bahia, está lançando disco novo na praça [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 30 de Outubro de 2016 ⋅ 11:00

Nesta semana, Mário Kertész entrevistou o cantor e compositor Tom Zé. Com 80 anos de idade e quase 60 de carreira, o músico, natural da cidade de Irará, no interior da Bahia, está lançando disco novo na praça: "Canções Eróticas de Ninar" e falou sobre o título do disco, shows e o sucesso da música "Sr. Cidadão", que fez parte da trilha sonora da novela "Velho Chico", da Rede Globo. Tom Zé fará show em Salvador no dia 9 de dezembro, às 19h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves. 

"A gente não fala que é erótica porque, no tempo que eu nasci, não se falava nada dentro de casa, nem na escola, não tinha o menor sinal pra tratar do assunto. Há uma compreensão social que tem, que fazia uma espécie de escolinha, quando você entrava nos ambientes, antigamente as casas burguesas tinham muito empregados, eles falavam de coisas, insinuavam, figuras de linguagem, tudo com coisa de sexo", disse sobre o título do disco. 

Na oportunidade, Tom Zé também falou sobre sua experiência sexual, fazendo um paralelo com o título do disco. "Está se falando nas coisas que se acontecem hoje, que as pessoas na escola recebem instrução, mas no tempo que não tinha nada disso, você ganhava essa benção do socorro que vinha da intuição da natureza popular. Em Irará, pouco tempo depois de passar na Maria Bago Mole, que era uma espécie de experiencia oficial. Tive a oportunidade de ver como ela agia, dona Maria não era prostituta, mas se encarregava disso, ela ficava arrodeando, dizendo isso, aquilo, isso deveria ser o meio de aproximação dela e era, eu acho", completou. 

Sucesso de Sr. Cidadão

“Oh, senhor cidadão, eu quero saber, eu quero saber: com quantos quilos de medo se faz uma tradição?” Os versos de Sr. Cidadão, música escrita e gravada pelo cantor, em 1972, embalou muitas cenas da novela Velho Chico, da Rede Globo. Mais contemporânea do que nunca, a canção dialogou com a conjuntura política da ficção de Benedito Ruy Barbosa e a realidade do país.

Tom Zé afirmou ter ficado emocionado com a repercussão. “Todo mundo viu, os momentos que passou a música que eles fizeram como se fosse um clipe. As pessoas me falaram muito emocionadas e eu também. A Neusa [esposa de Tom Zé] me chamou a atenção para isso, é a pessoa culta aqui de casa”, disse. A trilha sonora da novela contou ainda com canções como “Tropicália”, de Caetano Veloso, “Flor de Tangerina”, de Alceu Valença e “Caravana”, de Geraldo Azevedo. 

Visita à Rádio Metrópole

Quando convidado por MK para uma visita à Rádio Metrópole, o músico não hesitou: "Tá aí uma coisa maravilhosa, ô, meu Deus. Eu tô pedindo que marque essa passagem, eles vão pagar uma hospedagem a mais, então, que marque essa passagem de forma que a gente possa ter essa conversa. Não sei qual é o lugar [da rádio], mas vou ver aqui em casa e peço aqui que ligue pra você pra ver se é possível. A gente chega 12h no hotel, pra mais ou menos 14h fazer essa palestra, marcar pra terminar 15h, e como não deve ser longe... Onde é o estúdio da rádio?", questionou.

"Mando buscar você! Bota numa moto, você vem rápido", brincou MK, que acabou se surpreendendo com a resposta: "Tá! Puxa vida, tenho tanta gratidão, toda vez que tenho uma coisa nova você me chama, muito obrigado", finalizou Tom Zé. 

Ouça a entrevista completa:

 

Notícias relacionadas