Cidade

Rodoviários devem voltar a Santa Cruz até terça, mas reclamam de insegurança

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Fábio Primo, afirmou que os ônibus vão voltar a circular no bairro da Santa Cruz até a próxima terça-feira (1). O final de linha foi remanejado para a Avenida Juracy Magalhães, pouco antes do Parque da Cidade, após um grupo incendiar um coletivo no último sábado (29) [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Google Street View

Por Bárbara Silveira e Gabriel Nascimento no dia 31 de Outubro de 2016 ⋅ 10:14

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Fábio Primo, afirmou que os ônibus vão voltar a circular no bairro da Santa Cruz até a próxima terça-feira (1). O final de linha foi remanejado para a Avenida Juracy Magalhães, pouco antes do Parque da Cidade, após um grupo incendiar um coletivo no último sábado (29).

Em entrevista à Rádio Metrópole nessa segunda-feira (31), Fábio reclamou da violência que os profissionais são expostos. “A gente deve se reunir ainda hoje com o comitê e a decisão vai ser tomada em conjunto. Se for possível, a gente volta hoje se não, nas primeiras horas do dia de amanhã. Estamos depositando a confiança nesse comitê. O que aconteceu em Santa Cruz foi uma manifestação, um dos manifestantes jogou uma substancia no veículo, e chegou a tirar a chave do quadro. Sorte que um dos protestantes foi contra. Os ônibus queimados não são repostos. Ele não vai ser relocado na comunidade, seja contra a queima de ônibus”, disse.

Somente em 2016, segundo o sindicato, 1700 assaltos a coletivos já foram registrados. “Em média são 6 a 7 assaltos por dia. 1700 assaltos esse ano. São 23 ônibus incendiados. É um sentimento ruim de violência que acontece, virou vitrine pra bandido. Qualquer ato que a polícia faça em qualquer comunidade, os bandidos vão aos rodoviários”, afirmou. 

Notícias relacionadas