Cidade

Neto sobre Centro de Convenções: “R$ 40 milhões numa solução desastrosa"

Na opinião do prefeito ACM Neto, a falta de investimento no turismo de negócio é um dos principais problemas do setor no estado [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 01 de Novembro de 2016 ⋅ 09:06

Na opinião do prefeito ACM Neto, a falta de investimento no turismo de negócio é um dos principais problemas do setor no estado. “Nós conseguimos bater recordes na taxa de ocupação hoteleira na alta estação, tanto que tivemos mais de 90% da ocupação hoteleira no carnaval, réveillon e verão. O problema é a abaixa estação, é o que acontece na cidade de março até outubro. Não tem fórmula a ser inventada, a cidade precisa ser um destino de turismo de negócios. O turismo de lazer é na alta estação”, pontuou em entrevista à Rádio Metrópole nessa terça-feira (1).

Após desabamento no final de setembro, ficou determinado que o equipamento será demolido e para o gestor municipal, essa é a representação da falta do turismo de negócios. “O governo do estado assumiu a responsabilidade de conduzir o processo. O governo colocou quase R$ 40 milhões numa solução desastrosa. Gastou dinheiro público, criou expectativa e nada. Pretendo procurar o governador em novembro, temos assuntos na pauta e o principal é esse. Se o governo tiver uma solução, vamos ajudar. Se não tiver uma solução e quiser ajuda, estamos abertos. Isso é uma prioridade. Falo isso sem birra e sem nada”, completou. 

 

Notícias relacionadas