Cidade

Procon autua pizzarias que cobram " meio a meio" pelo sabor mais caro

Com a intenção de diminuir condutas abusivas contra consumidores praticadas pelas pizzarias de Salvador, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) deflagrou, nesta semana, a operação “Pizza Legal, Preço Justo”. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação / Procon

Por Laura Lorenzo no dia 01 de Novembro de 2016 ⋅ 17:36

Com a intenção de diminuir condutas abusivas contra consumidores praticadas pelas pizzarias de Salvador, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) deflagrou, nesta semana, a operação “Pizza Legal, Preço Justo”. 

O Procon informou que é caracterizado prática abusiva quando uma mesma pizza é comercializada com sabores diferentes e o fornecedor faz a cobrança total de acordo com o  sabor de maior valor. Por exemplo, caso uma pizza metade calabresa e metade mussarela fosse cobrada pelo valor apenas pelo sabor mais caro, isso seria considerado uma prática abusiva.

Os fornecedores já foram notificados e terão o prazo de até 15 dias para se adequarem às normas estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor e legislação correlata.

Notícias relacionadas