Cidade

Curso gratuito para condutor de "cinquentinha" tem baixa adesão, diz Detran

Condutores de motos conhecidas como “cinquentinhas” realizaram, no final de outubro, um protesto em frente ao Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), em Salvador. O grupo denunciava a falta de oferta de cursos nas autoescolas para obter a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), que passou a ser obrigatória a desde a última terça-feira (1º). Mas o diretor do Detran afirmou que a situação não é bem assim [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/O Globo

Por Bárbara Silveira e Gabriel Nascimento no dia 03 de Novembro de 2016 ⋅ 09:41

Condutores de motos conhecidas como “cinquentinhas” realizaram, no final de outubro, um protesto em frente ao Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), em Salvador. O grupo denunciava a falta de oferta de cursos nas autoescolas para obter a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), que passou a ser obrigatória a desde a última terça-feira (1º). De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), para pilotar uma cinquentinha, é preciso ter uma Carteira de Habilitação categoria A ou a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), caso o condutor já tenha outra habilitação.

Mas em entrevista ao apresentador José Eduardo nessa quinta-feira (3), o diretor do Detran, Lúcio Gomes, afirmou que o Detran tem oferecido vagas gratuitas através da escola pública de trânsito. “A escola pública de trânsito abriu 200 vagas para novos condutores que têm interesse para ciclomotores. Abrimos as vagas, convocamos os 100 primeiros alunos, o prazo foi até a última sexta-feira [para entregar a documentação] e somente 37 entregaram. Vamos chamar mais pessoas para abrir as turmas. Eles precisam dessa autorização. Essa nova norma serve para diminuir o número de vítimas no trânsito. É importante a preparação, o conhecimento sobre o modo seguro de conduzir, sem uma estatística perversa. Eles precisam atender alguns requisitos, levar RG, comprovar uma renda familiar mínima, ter estudado em escola pública, isso precisa ser levado ao Detran”, argumentou. 

Ainda sobre a autorização para conduzir ciclomotores, o diretor do Detran explicou que existe pouca procura. “Porque você tem uma série de limitações. Quem dirige ciclomotores não pode pegar uma via de alta velocidade, por exemplo, tem que ir pela direita, onde tiver acostamento. Por isso, os motoristas optam por tirar uma categoria para moto, porque pode conduzir também ACC. Se tirar só ACC  não pode conduzir moto. Hoje, se um motorista for pego sem habilitação, o veículo será apreendido até a apresentação de um condutor habilitado que possa conduzir aquele veículo. Se não, vai para o pátio”, disse. As informações sobre o curso são disponibilizadas no site do Detran

Notícias relacionadas