Cidade

Cesta básica está mais barata em Salvador, aponta Dieese

O preço da cesta básica está menor em 14 capitais brasileiras, foi o que apontou a pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Salvador é uma das as cidades que apresentou quedas mais expressivas, com -1,66%. Em Brasília (-5,44%), Teresina (-1,77%) e Palmas (-1,76%) também houve redução no custo [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Omar Freire/ Imprensa MG

Por Lorena Dias no dia 07 de Novembro de 2016 ⋅ 14:30

O preço da cesta básica está menor em 14 capitais brasileiras, foi o que apontou a pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Salvador é uma das as cidades que apresentou queda mais expressiva, com -1,66%. Em Brasília (-5,44%), Teresina (-1,77%) e Palmas (-1,76%) também houve redução no custo.

Já em outras 13 capitais houve alta no preço. A cidade de Florianópolis apresentou aumento de 5,85%, seguida de Vitória (3,19%), Porto Velho (2,18%) e Maceió (2,12%). A cesta mais cara foi a de Porto Alegre (R$ 478,07) e o menor valor médio foi observado em Natal (R$ 366,90).

Entre os alimentos, o feijão e o leite apresentaram redução de preço na maior parte das cidades. Já a carne bovina de primeira, a manteiga, o açúcar, o tomate e o café em pó tiveram alta no custo. 

De acordo com o Dieese, o salário mínimo ideal para a manutenção de uma família de quatro pessoas em outubro deveria ser R$ 4.016,27, ou 4,56 vezes o mínimo vigente de R$ 880. Em setembro, o mínimo necessário correspondeu a R$ 4.013,08.

Notícias relacionadas