Cidade

Lava Jato: juiz autoriza transferência de Argôlo e mais três para penitenciária

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, autorizou, neste domingo (24), a transferência de mais quatro presos para o Complexo Médico-Penal em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba.

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Gazeta

Por Juliana Almirante no dia 25 de Maio de 2015 ⋅ 14:50

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, autorizou, neste domingo (24), a transferência de mais quatro presos para o Complexo Médico-Penal em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Três deles são ex-deputados federais André Vargas (ex-PT, sem partido), Luiz Argôlo (afastado do SD). Além dos ex-parlamentares, o pedido também atinge o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto.

Todos estão presos atualmente na carceragem da PF, em Curitiba. As transferências serão feitas nesta terça-feira (26), ainda sem horário definido. O complexo de Pinhais é uma penitenciária de regime fechado e com finalidades médicas. O pedido de transferência foi feito pelo delegado da PF Igor Romário de Paula, na quinta-feira (21), ao alegar dificuldades de espaço para manter os detentos na carceragem.

Comentarios

Notícias relacionadas