Cidade

Presidente de associação defende obras de requalificação do Rio Vermelho

Nesta segunda-feira (20), o presidente da Associação de Moradores e Amigos do Rio Vermelho (Amarv), Lauro Alves da Matta Júnior, se mostrou favorável a requalificação, que vem sendo realizada no bairro pela Prefeitura de Salvador. De acordo com Matta Júnior, será a maior intervenção urbanística já feita na região.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Paloma Andrade no dia 20 de Julho de 2015 ⋅ 19:00

Nesta segunda-feira (20), o presidente da Associação de Moradores e Amigos do Rio Vermelho (Amarv), Lauro Alves da Matta Júnior, se mostrou favorável a requalificação, que vem sendo realizada no bairro pela Prefeitura de Salvador. De acordo com Matta Júnior, será a maior intervenção urbanística já feita na região. "Os verdadeiros moradores do Rio Vermelho já abraçaram o projeto de requalificação. É algo que vem sendo discutido há três anos. Não há novidades”, defendeu.

Segundo o presidente da Amarv, diversas vezes foram realizadas reuniões para discutir a obra com os moradores, comerciantes, e representantes da gestão municipal. "Pedimos à Prefeitura que nos desse essa oportunidade de fazer sugestões ao projeto. Reunimos dois arquitetos residentes no bairro e trabalhamos em cima da sugestão apresentada. O projeto original foi analisado e, após meses de estudo, o devolvemos à Fundação Mário Leal Ferreira acrescido de nossa proposta, que foi plenamente aceita pelo poder público", explicou Lauro Alves.

No domingo (19), a Associação divulgou uma carta assinada pelo presidente Lauro para reprovar as manifestações, que vem sendo realizada por um grupo para impedir a reforma no Rio Vermelho. "Em virtude do exposto, não podemos chegar a outra conclusão, que não o cunho político de movimentos contrários ao projeto de requalificação alegando desconhecer algo que foi amplamente discutido e divulgado, com o projeto detalhado entregue às diversas entidades e distorcendo a verdade", diz um trecho do texto.

Notícias relacionadas