Cidade

Segundo ministro da Fazenda, desempenho da economia deve registrar retração

O ministro da Fazenda admitiu que não será surpresa se houver "retração" no resultado do primeiro trimestre do ano do Produto Interno Bruto (PIB), que deve ser divulgado até a próxima sexta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Bárbara Silveira no dia 25 de Maio de 2015 ⋅ 13:56

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, admitiu na manhã desta segunda-feira (25) que não será surpresa se houver "retração" no resultado do primeiro trimestre do ano do Produto Interno Bruto (PIB), que deve ser divulgado até a próxima sexta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Acho que o PIB vinha e deu um pequeno blipping [sinal de alerta] no quarto trimestre [do ano passado], que aliás pode ser revisto. No começo do ano, os agentes estavam em grande expectativa de retração. Então, não seria surpresa a gente ver uma situação desta", disse ao chegar ao Ministério da Fazenda. Para Levy, o importante são os ajustes que vêm sendo feitos nas áreas fiscal e monetária. "Se a gente fizer os ajustes, tanto o fiscal, quanto outros ajustes econômicos mais profundos conseguiremos botar a economia crescendo outra vez, que é o que queremos".

Notícias relacionadas

[Universidade Católica de Salvador completa 57 anos ]
Cidade

Universidade Católica de Salvador completa 57 anos

Por Metro1 no dia 18 de Outubro de 2018 ⋅ 09:55 em Cidade

A instituição foi inaugurada pelo 1º Grão Chanceler, D. Augusto Álvaro Cardeal da Silva e teve como primeiro reitor o Monsenhor Eugênio de Andrade Veiga (1962-1979)